Busca por Marca

Busca por Preço

Busque por desconto

Busca por Tipo

Outras categorias

Veículos em estoque

vs
Toyota NOAH Toyota NOAH

Toyota NOAH Recursos:

Nissan SERENA Nissan SERENA

Nissan SERENA Recursos:

Histórico

Para muitos compradores, o veículo multi-passageiros, muitas vezes designado de veículo multiuso, é um complemento relativamente recente do mercado automóvel. Os historiadores poderão discordar, apontando para inovações como o Stout Scarab 1936, como a possível origem da classe inteira de veículos. Mesmo que não partilhe dessa crença, existem ainda outras possibilidades relativamente à origem, tal como o Volkswagen Type 2 e o Fiat 600. Apesar destas incursões iniciais pelo domínio MPV, a classe caiu em desordem, tendo os fabricantes optado por abandonar o grupo até meados dos anos 80, principalmente devido aos fracos resultados de vendas.

“...os compradores procuravam uma maneira económica de transportar famílias crescentes, bem como um veículo que pudesse ser personalizado e transportar mercadorias e clientes num espaço urbano movimentado. A resposta era um MPV flexível. A Toyota e a Nissan reconheceram mais cedo a necessidade destes veículos....”

Por volta dos anos 80, os fabricantes de automóveis tinham regressado ao conceito de que os compradores procuravam uma maneira económica de transportar famílias crescentes, bem como um veículo que pudesse ser personalizado e transportar mercadorias e clientes num espaço urbano movimentado. A resposta era um MPV flexível. A Toyota e a Nissan reconheceram mais cedo a necessidade destes veículos, com modelos como o Toyota LiteAce e o Nissan Vanette. Ambas as empresas continuaram a responder à procura do mercado de veículos multiuso fiáveis construindo o Toyota Noah e o Nissan Serena.

O Toyota Noah foi introduzido em 2001 como substituto do Toyota LiteAce Noah, concedendo à Toyota um MPV exclusivo de passageiros no mercado japonês. O Nissan Serena foi lançado em 1991 para substituir o Nissan Vanette. Duas das versões mais notáveis destes veículos são o Toyota Noah e o Nissan Serena, ambos de 2009. O Toyota Noah de 2009 faz parte da segunda geração e apresenta muitos dos confortos e melhorias de motor que os compradores procuram num MPV. O Nissan Serena de 2009 faz parte da terceira geração MkIII C25, apresentando uma renovação completa. O Serena MkIII C25 é comercializado num número limitado de mercados, sendo o Japão o seu foco principal.

Ambos os veículos oferecem espaço suficiente para sete passageiros, mas podem acomodar oito, dependendo das circunstâncias. Cada MPV apresenta espaço de bagageira suficiente para uma saída em família, uma viagem mais longa ou para acomodar bagagem como veículo transportador. Tanto o Noah como o Serena oferecem uma eficácia de consumo equiparável à de outros veículos da classe MPV. Cada um oferece duráveis opções de motores e transmissões. Para além da durabilidade, ambos os MPVs estão no topo da sua classe em termos de testes de colisão, satisfação do proprietário e acessibilidade de preço. Com tantas características positivas em ambos os veículos, poderá ser difícil decidir qual comprar. A única solução racional é oferecer-lhe um comparativo lado a lado de ambos. Uma crítica de cada ano dos modelos seria algo moroso e você perderia rapidamente o interesse, por isso vamos concentrar-nos no Toyota Noah de 2009 e no Nissan Serena de 2009.

Descrição geral

Tanto o Toyota Noah de 2009 como o Nissan Serena de 2009 estão bem vistos entre os proprietários e profissionais do ramo automóvel. Ambos os veículos conseguem alojar facilmente até oito passageiros e uma grande quantidade de bagagem. Ambos são parecidos em termos de tamanho, apresentando praticamente dimensões iguais relativamente à distância entre eixos, largura, altura e comprimento. O Noah e o Serena oferecem opções de tracção frontal ou às quatro rodas a full-time juntamente com CVT standard. O Noah começa a destacar-se oferecendo várias opções de motor, enquanto que o Serena oferece um único turbo-comprimido, mas com duas variações no número de cavalos e nível de acabamento. O Toyota Noah e o Nissan Serena oferecem uma economia de consumo líder na sua classe, embora o Toyota Noah consiga apresentar melhores resultados em condições de auto-estrada.

Os exteriores de ambos os MPVs são completamente diferentes. O Noah apresenta uma frente vincada e retangular, raramente associada aos modelos Toyota. Por outro lado, o Nissan Serena tem uma aparência mais suave e aerodinâmica. Embora não ofereçam o tipo de requinte profundo que esperaria encontrar num Mercedes-Benz ou BMW, o interior de ambos os veículos é confortável e bem equipado, tendo em conta a faixa de preços. Dado o número de níveis de acabamento disponíveis, o interior de cada um é bastante personalizável, ajustando-se às necessidades de uma vasta variedade de potenciais compradores.

O Nissan Serena apresenta duas variantes do mesmo motor com nível de acabamento diferente. O Modelo DBA-C25 é a opção standard de 137 CV, enquanto que o DBA-CC25 Rider High-Performance Specs é considerado o modelo mais desportivo de 147 CV.
O motor standard é um MR20DE de 1.997 cc a gasolina. Este é um motor undersquare (ou seja, o diâmetro é menor do que a extensão do circuito) com um diâmetro de 84 mm e um circuito de 90,1 mm. Este mecanismo permite ao motor desenvolver o binário máximo a uma velocidade mais baixa.

O Toyota Noah oferece, no entanto, duas opções de motor: um 3ZR-FE, Dual VVT-i (sistema de Dupla Abertura de Válvulas Variável-inteligente), undersquare e um 3ZR-FAE Dual VVT-i Valvematic, undersquare, ambos de 1.986 cc. O Noah foi o primeiro veículo a dispor da tecnologia Valvematic da Toyota. A tecnologia Valvematic, através dos ajustes contínuos de cruzamento e fase, permite uma maior eficácia de consumo com controlo preciso sobre a troca de combustível/ar sem uma placa de acelerador. A abordagem torna-se mais simples quando é realizada a comparação com o sistema Valvetronic e VVEL (Curso Variável das Válvulas). A tecnologia permite ao Toyota Noah de 2009 chegar aos 13,4 km/l, um valor excepcional em veículos da sua classe!

Interior

Toyota Noah Toyota Noah Toyota Noah Toyota Noah

Ilustrado no sentido horário a partir do canto superior esquerdo: Banco do Condutor, Bagageira, Bancos Dianteiros, Bancos Traseiros

NOAH

O interior do Toyota Noah de 2009 está bem concebido e centrado no condutor, uma sensação normalmente associada a veículos de luxo. Todos os controlos encontram-se facilmente ao alcance do condutor, eliminando a necessidade de afastar a atenção da estrada para aceder a qualquer comando. O Noah apresenta janelas e assentos eléctricos. Os assentos estão bem dispostos permitindo um acesso fácil à terceira fila, uma clara vantagem ao transportar crianças ou clientes. As unidades com o código de modelo japonês DBA-ZRR70W apresentam assentos giratórios laterais na segunda fila para facilitar a saída. O Noah apresenta duas portas laterais de correr que deslizam através de um único toque, facilitando ainda mais o acesso ao interior.

A alavanca de velocidades está localizada imediatamente à esquerda do volante, com o travão de mão logo abaixo, para facilitar o alcance. Os controlos de áudio estão localizados no volante. O Noah 2009 está equipado com o sistema telemático G-Book, o qual exibe toda a informação possível que um condutor poderá necessitar durante uma viagem. A capacidade da bagageira foi complementada por um sub-compartimento por baixo da área de bagagem traseira.

Nissan SERENA Nissan SERENA Nissan SERENA Nissan SERENA

Ilustrado no sentido horário a partir do canto superior esquerdo: Banco do Condutor, Bagageira, Bancos Dianteiros, Bancos Traseiros

SERENA

O interior do Nissan Serena 2009 está igualmente bem concebido, realçando um estilo de vida mais activo. Todos os controlos encontram-se ao alcance imediato do condutor, à semelhança do Noah. O Serena pode ser equipado com o sistema de navegação CARWINGS. O volante inclui controlos de áudio e um botão de comando das duas portas traseiras de correr. A alavanca de velocidades é uma simples unidade posicionada imediatamente à esquerda do volante para facilitar a utilização. O Serena apresenta um teto panorâmico, proporcionando constantemente a todos os passageiros uma vista fascinante do céu. Existem duas variantes do mesmo motor com nível de acabamento diferente. O Modelo C25 é a opção standard de 137 CV, enquanto que o C25 Rider High-Performance Specs é a opção de 147 CV.

Muitas das características acima mencionadas são semelhantes às do interior do Toyota Noah. O Serena começa a distinguir-se, mais propriamente, na versatilidade dos assentos. Cada um dos assentos dos passageiros pode ser dobrado individualmente para a frente ou para trás, permitindo aos proprietários a flexibilidade de transporte de uma grande variedade de bagagem. Você poderá carregar desde as compras de supermercado até uma prancha de surf, se assim o desejar.


Exterior

Toyota Noah Toyota Noah Toyota Noah Toyota Noah

Ilustrado no sentido horário a partir do canto superior esquerdo: Perfil do Lado do Condutor, Ângulo Traseiro, Vista Traseira, Vista Frontal

NOAH

O exterior do Toyota Noah é funcional e interessante. Numa era dominada pela forma aerodinâmica, o Noah destaca-se ao apresentar um capô vincado e retangular, semelhante ao de muitos da versão Scion da Toyota. Apesar da frente retangular, o Noah é extremamente aerodinâmico e apresenta numerosos itens que reduzem a resistência ao ar. Este efeitos são mais notórios nas unidades com o código de modelo japonês DBA-ZRR70W. As unidades com este design são movidas pelo 3ZR-FE Dual VVTI de 1.986 cc e são capazes de atingir um consumo consistente de 13,4 km/l em todos os níveis de acabamento.

Em gerações anteriores, o chassi do Noah era de uma cor, enquanto que o acabamento era de outra. O Toyota Noah de 2009 é monocromático, com o chassi e acabamento a condizer. Maior em todos os aspectos, quando comparado com o Toyota LiteAce Noah que veio substituir, o Toyota Noah tem uma aparência mais familiar, algo desejado por muitos pais jovens.

Nissan SERENA Nissan SERENA Nissan SERENA Nissan SERENA

Ilustrado no sentido horário a partir do canto superior esquerdo: Perfil do Lado do Condutor, Ângulo Traseiro, Vista Traseira, Vista Frontal

SERENA

O exterior do Nissan Serena 2009 remonta a gerações anteriores de MPVs. Possui um estilo que faz lembrar vagamente vários modelos na classe MPV, distinguindo-se através do seu interior, mais do que pelo exterior. Não é uma má escolha, uma vez que os proprietários passam muito mais tempo no interior do veículo do que do lado de fora a admirá-lo. Merece especial referência o Nissan Serena com o pacote de acabamentos Highway Star V. Estas unidades possuem o código de modelo japonês DBA-CC25 e apresentam faróis bi-xenon do tipo projector, luzes de nevoeiro e um spoiler dianteiro a condizer com a cor do chassi.


Experiência de Condução

NOAH

Os MPVs anteriores padeciam de problemas de direcção e manobramento. Eram normalmente pesados e os condutores relatavam a sensação de inclinação do seu MPV em esquinas apertadas ou em curvas a alta velocidade. O Toyota Noah opõe-se a todas essas noções ultrapassadas oferecendo uma condução bem equilibrada de manobramento excepcional em todas as condições.

O Noah desmascara outro mito sobre MPVs, ao ser movido bem para além do que é adequado. O motor de 1.986 cc, das unidades com o código de modelo DBA-ZRR70W, produz 143 CV e 196 N-m de binário. Sendo um motor undersquare, o binário completo é atingido às 4.400 rpms. As unidades com a designação DBA-ZRR70W, são veículos de tracção frontal que permitem um consumo de combustível de 13,4 km/l. As unidades com tracção às quatro rodas a full-time conseguem atingir 12,6 km/l, em parte devido à configuração undersquare do motor.

SERENA

O Nissan Serena de 2009 faz parte da terceira geração MkIII C25. Tendo passado por diversos upgrades geracionais, a terceira geração do MkIII C25 foi a melhor versão do Serena em termos de manobramento, a qual esteve disponível até a quarta geração ter chegado ao mercado em finais de 2010. As opções de motor e transmissão incluem o MR20DE de 1.997 cc e a Xtronic CVT.

O motor de 1.997 cc desempenha perfeitamente o papel de transporte de oito passageiros proporcionando 135 CV e 200 N-m de binário. O binário completo é atingido às 4.400 rpm. A combinação motor/transmissão permite ao Nissan Serena 2009 alcançar 13,2 km/l em unidades de tracção frontal. Estas unidades possuem o código de modelo japonês DBA-CC25. As unidades equipadas com tracção às quatro rodas a full-time são capazes de garantir aos seus proprietários, de forma consistente, um consumo de 12,2 km/l. Para além de possuir um sistema de tracção fiável, a terceira geração é de tendência mais estável. A distância entre eixos foi aumentada para corresponder ao comprimento e largura completa do Serena. O resultado é um MPV que aparenta mais estabilidade e confiança nas curvas. As dimensões aumentadas oferecem ainda espaço adicional no interior da cabine dos passageiros.


Conclusão

Ao observar lado a lado o Toyota Noah de 2009 e o Nissan Serena de 2009, estes MPVs parecem bastante diferentes, mas oferecem no entanto muitas das mesmas comodidades. Ambos os veículos chamam a atenção de uma vasta porção do público em geral, bem como dos sectores de transportes e hotelaria, pela utilidade que lhes poderá proporcionar.

Ambos os veículos são capazes de proporcionar uma economia de combustível superior, atendendo ao facto de serem unidades com tracção frontal. Cada um é construído por um fabricante automóvel famoso pela sua fiabilidade e longevidade. O Toyota Noah poderá ter uma ligeira vantagem nesta área, dada a lendária fiabilidade de todos os modelos Toyota em todo o mundo. No entanto, esta é uma diferença relativa que depende do seu ponto de vista pessoal.

A tomada de decisão sobre o veículo a comprar é mais uma questão de preferência pessoal e confiança na marca. Outro factor poderá ter que ver com a utilização a ser dada ao MPV. Destina-se a transportar crianças e compras de supermercado? Então poderá estar mais inclinado para o espaço extra debaixo do piso que o Toyota Noah oferece. Se os seus filhos forem pequenos ainda sem muitas actividades, o espaço extra da bagageira poderá não ser relevante. Embora consideremos o Toyota Noah de 2009 e o Nissan Serena de 2009 praticamente iguais e não possamos recomendar um em favor do outro, esperamos que tenha agora a informação de que necessita para fundamentar o mais possível a sua compra. Boa sorte com o seu novo MPV!